fbpx
Menu
erisipela-pode-levar-a-morte-saiba-mais

Erisipela pode levar à morte? Saiba mais!

10 maio de 2019

A erisipela, também conhecida como mal da praia, é uma condição inflamatória que atinge a derme e o panículo adiposo da pele, com grande envolvimento dos vasos linfáticos. Se não for devidamente tratada, ela pode causar uma infecção generalizada, necrose da pele e, em casos muito raros, levar à morte.

É uma doença que acomete mais diabéticos, obesos e pessoas que têm problemas de circulação das veias dos membros inferiores. Idosos com circulação sanguínea venosa e linfática deficiente nas pernas e pessoas com baixa condição imunológica também estão mais suscetíveis à erisipela. No entanto, a doença pode ocorrer em pessoas de qualquer idade.

O que causa a erisipela?

A erisipela é geralmente causada por duas bactérias: Streptococcus pyogenes do grupo A e Haemophilus influenzae tipo B. As bactérias penetram através de ferimentos na pele – micose, frieiras e picadas de inseto – e se espalham pelos vasos linfáticos, podendo atingir o tecido subcutâneo.

Como saber se estou com erisipela?

Fique atento caso você tenha calafrios, febre alta, diminuição da força muscular, cefaleia, mal-estar, náuseas e vômitos. Você pode estar com erisipela. Além disso, podem ocorrer alterações na pele, como vermelhidão, dor e inchaço até feridas provocadas por necrose, que são os sintomas mais visíveis.

Prevenção e tratamento

Quer se prevenir da erisipela? Então, redobre os cuidados higiênicos nos espaços entre os dedos dos pés, deixando-os mais limpos e bem secos. Isso evitará a ocorrência de frieiras, principalmente. Para pessoas que têm problemas de inchaço nas pernas, é essencial e recomendado o uso de meias elásticas. Além disso, é indicado deixar as pernas elevadas e, se possível, controlar o peso, caso a pessoa seja obesa.

Quanto ao tratamento, quando a doença está no início, o mais recomendado são antibióticos orais e repouso da perna, deixando-a elevada. A tendência é que o quadro se normalize. Porém, para resposta mais rápida é indicado o uso de Benzetacil (penicilina via intramuscular). Em casos de erisipelas de repetição, procure um médico. Só ele é que poderá recomendar o melhor tratamento e o uso mais contínuo de antibióticos.